quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Alunos da Almir recebem certificados do projeto "Lógica de Programação na Escola"


              Para ver todas as fotos do Álbum CLIQUE AQUI

Quase 80 alunos do 4º e 5º ano da Escola Municipal Professor Almir Zandonadi, localizada no bairro Novo Horizonte, em Ji-Paraná, receberam hoje, quarta-feira (23), certificados de participação no projeto “Ensino de Lógica de Programação na Escola. O Projeto vem sendo desenvolvido por acadêmicos do curso de Sistemas de Informação da Universidade Luterana desde junho deste ano e é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), e o Ceulji/Ulbra.
De acordo com o coordenador do curso de Sistemas de Informação da Universidade Luterana, Thyago Bohrer Borges, os alunos da Almir Zandonadi foram levados todas as quartas-feiras pela manhã ao Laboratório de Informática da instituição de ensino superior e lá foram instruídos em técnicas de lógica de programação, utilizando a plataforma Code.org, que utiliza técnicas de programação em bloco, uma forma lúdica de ensinar crianças do ensino básico e secundário a dar os primeiros passos em programação de computador.
Os acadêmicos do curso de Sistemas de Informação Alan da Silva Souza, Hamilton Ventura Rodrigues, Iana Pelentir Ramos, Tarssila Priscila Araújo de Oliveira e Yasnaya Santos Ferreira auxiliaram o coordenador Thyago nas aulas monitorando os alunos da Almir Zandonadi em sessões com duração de 1 hora por turma. Foram duas turmas do 4º ano e duas turmas do 5º ano.
“Eles não viam a hora da quarta-feira chegar para ir ao projeto. Acho que foi uma parceria maravilhosa. É um benefício para o aluno e para a comunidade a criança sair do 5º ano com essa noção em informática”, disse a diretora da Almir Zandonadi, Viviane Teixeira de Andrade Soares, ao agradecer à secretária de Educação, Leiva Custódio Pereira por promover a parceria.
“A ideia é que o projeto seja permanente e abranja outas escolas. As crianças ficam encantadas. A tecnologia para eles é inata, eles crescem em meio a tecnologias. Por isso que quando falamos para eles que vão aprender a fazer seus próprios jogos e programas eles ficam maravilhados”, explicou Thyago.
O coordenador do curso de Sistemas de Informação do Ceulji/Ulbra lembrou que além de melhorar o raciocínio lógico das crianças com as técnicas de programação, a escola também é beneficiada, pois “a permanência dos alunos no projeto está atrelada ao comportamento deles em sala de aula, às boas notas. É a contrapartida das crianças para o projeto e todos ganham com isso”.

“Penso que este, se Deus quiser, se vocês alunos quiserem, se toda a sociedade quiser será o primeiro de muitos outros certificados que vocês receberão ao longo de suas vidas. Imagino o quê significa para um aluno que ainda está na primeira fase do ensino fundamental poder frequentar uma universidade e o quanto um projeto como esse pode influenciar na vida desses alunos. Muitos destes alunos o único acesso que ele tem a um computador é na Escola ou lá dentro da Universidade. Só temos a agradecer essa parceria com a Instituição. Nem sempre nós, enquanto Poder Público, mesmo com todo o esforço que fazemos, conseguimos fazer as coisas acontecerem sozinhos. Precisamos que outras entidades, outras organizações possam contribuir com o desenvolvimento de nossas crianças. Quando parcerias assim acontecem todos nós, enquanto sociedade, ganhamos”, destacou a secretária Leiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agenda SEMED 2018