sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Leitura: um benefício permanente para a comunidade


O “Chapéu de Palha”, como foi apelidado pela comunidade do bairro Duque de Caxias um espaço de lazer construído ao lado da quadra esportiva da escola Jamil Vilas Boas, além de servir para as partidinhas de dominó e para jogar conversa fora, a partir de agora também é um espaço de cultura. Na mobilização nacional pela leitura, “Dia de Ler. Todo Dia!”, realizado no dia 1º de outubro último, alunos e professores da Jamil resolveram transformar a sucata de uma geladeira em uma espécie de prateleira na qual é disponibilizado livros para que a comunidade tenha a oportunidade de “viajar” pelo mundo da leitura.
A ideia, segundo a diretora da Jamil Vilas Boas, professora Vanessa Leite, foi proporcionar um dia de reflexão sobre a importância da leitura na vida das pessoas e que este momento envolvesse não só os atores da unidade escolar como também toda a comunidade do Duque de Caxias.
Alunos do Pré II ao 5º Ano realizaram, nos períodos da manhã e tarde, apresentações relacionadas à leitura como teatro, fantoches, trava-línguas e declamação de poesias. Os alunos do 2º Ano, da professora Jaqueline Custódio Chagas Soares, por exemplo, se divertiram e divertiram a comunidade encenando o clássico “O lobo Mau e os Três Porquinhos”.
Os alunos da professora Eunice Souza dos Santos, do 5º Ano, apesentaram uma peça falando do mundo do circo com palhaço, bailarina e muita pipoca para a criançada.
“Quando a gente viu colocar essa geladeira no Chapéu de Palha a gente não entendeu direito o quê ia acontecer. Depois que a gente viu colocando livro dentro e a professora explicou é que a gente entendeu. É muito bom ter livros, revistas para ficar vendo entre uma conversa e outra”, disse, entre sorrisos, Geraldo Pombo de Mesquita, o “Seu” Geraldo, antigo morador do Duque de Caxias.

Em toda Rede
Praticamente todas as escolas da Rede Municipal de Ensino aderiram à mobilização nacional pela leitura, projeto iniciado em Barueri, São Paulo, que tem recebido adesão de diversas partes do País.
Na Escola Professor Irineu Antônio Dresh, localizada no Setor Riachuelo, área rural de Ji-Paraná, o Dia de Ler. Todo Dia! Foi inserido na Feira Literária, projeto que já está em sua terceira edição. A professora de Língua Portuguesa Maria Bernadete coordenou o projeto este ano. Foi um dia de muitas atividades ao ar livre envolvendo a comunidade, pais, alunos e professores da Irineu.
“Eu achei muito interessante a ideia das professoras e gestores do Jamil. Tão importante quanto mostrar para as crianças a importância da leitura em suas vidas é envolver a comunidade nesse sentido”, concluiu a secretária de Educação do Município, Leiva Custódio Pereira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agenda SEMED 2018